Música e sabores para lembrar do Brasil e amenizar a saudade

MPB, samba, funk…. Feijão, coxinha, brigadeiro e xis! Esse é um pedacinho do cenário e do cardápio do bar de brasileiros que abriu há quatro meses em Braga. Foi essa a maneira que a Mell Queiros e o Kenedy Mendonça, casal dono do Nosso Bar, encontraram para se sentir um pouquinho mais perto de casa.

Depois de migrar do Rio de Janeiro para Portugal e ter que recomeçar e se reinventar, eles decidiram empreender (como já contamos aqui no site). Abriram o bar, mas e aí? Como conquistar o público português? Como fazer um agrado aos tantos clientes brasileiros? E mais importante: como fazer o empreendimento ter mesmo significado para eles?

As respostas a essas questões foram surgindo aos poucos. Colocar um prato bem brasileiro no cardápio, ter à disposição os itens mais procurados pelos portugueses, ter na trilha sonora as músicas que estão nas lembranças de toda uma história de vida e, mais recentemente, experimentar organizar um evento que atravessa o oceano e volta no tempo! No primeiro sábado de novembro (dia 3) eles promovem uma Festa Brasileira – anos 80.

Mell explica como surgiu a ideia:
“Quando a gente migra deixa para trás toda uma história. E no novo país começa a se reinventar: a gente faz novos amigos, acha uma nova casa, mas as lembranças e o que se viveu não dá para refazer… eu sinto falta da nossa raiz; e os anos 80 são isso, a nossa infância ou juventude, o nosso tempo…Então, a gente decidiu fazer essa festa para suprir essa falta”.

No repertório, bandas como Kid Abelha, Legião Urbana, Balão Mágico, Barão Vermelho… tudo sob a responsabilidade do DJ Leo Dias Ferreira que também migrou do Rio de Janeiro para Braga, Portugal. O motivo da festa é o mesmo pelo qual os donos do bar vão colocando itens bem brasileiros no cardápio. Menu que tem também pratos típicos portugueses como a alheira, que é um tipo de linguiça de sabor defumado.

Pelo menos eles tentam ter por aqui os sabores dos quais sentem mais saudade. Mell brinca que ainda tem um desejo, como por exemplo, comer um pão francês com requeijão! Ela disse que não encontrou ainda requeijão como no Brasil:
“Até achei um parecido no mercado, mas era muito salgado… não ficou bom com o pãozinho”.

De tanto conversar sobre comida, deu fome! Então, que tal espiar a cozinha do bar e experimentar o X tudo? Afinal, sendo de Santa Maria/RS – cidade do X – esse é um lanche do qual eu sinto saudade! Os ingredientes são parecidos com os que usamos no Sul do Brasil: pão, carne, maioneses, salada, ovo, bacon, queijo e… um molho especial que segundo a proprietária é o segredo do prato! O visual é bonito! Dá uma espiadinha no vídeo!

E é assim entre os sabores e os sons que a saudade do Brasil vai se tornando menos dolorosa para o casal de empresários.

“A gente inventa happy hour, festa para reunir mesmo os brasileiros, se divertir, matar a saudade e viver, por um momento, o nosso tempo”, define Mell.

FESTA ANOS 80
Quando: 3 de novembro (sábad0), às 23h
Onde: Boate Lustre, em Braga
Ingressos: 3€ antecipado no Nosso Bar
O Nosso Bar fica na Praceta André Soares.

Quer uma palinha do som que vai rolar na festa? Então dá o play:

Michele Dias

Jornalista, formada pela UFSM, especialista em Comunicação e Linguagem pela Unifra. Com experiência em televisão, aventura-se agora no mundo digital. Profissional em transformação, ser humano adaptando-se às mudanças, abrindo-se ao novo, mas sempre com a mesma paixão pela escrita, pela família e pelas coisas boas da vida

Inscreva-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *